segunda-feira, 5 de março de 2012

Saiba como saciar a fome de maneira saudável e sem exageros

Você já se perguntou por que diabos você fica com fome logo após de ter almoçado ou jantado?

A resposta é simples, principalmente se você tem o costume de comer alimentos refinados, os chamados de não-integrais como o arroz, o pão branco, aquela bolachinha amanteigada. Mas embora estes alimentos refinados sejam ricos em carboidratos complexos, são rapidamente transformados em glicose e absorvidos. O aumento no nível de glicose que eles provocam induz à liberação de grandes quantidades de insulina e logo depois vem novamente a sensação de fome. Por isso que você mal acabou de digerir o almoço, já sente aquela fominha batendo.


Já os integrais, forram melhor o estômago dando aquela sensação de saciedade pois o alimento integral tem mais viscosidade e, quando ingerido, absorve grande quantidade de água, formando géis que forram a parede do estômago, retardando o esvaziamento gástrico. Com isso, o processo digestivo torna-se mais lento, o que permite menor absorção de gordura e de glicose, diminuindo a sensação de fome.

                         

É um pouco difícil no começo se acostumar aos alimentos integrais mesmo porque os refinados tem um sabor e uma textura mais agradável. Mas você pode ir trocando aos poucos, como trocar o pão branco por um de centeio, a torrada normal por uma integral, igualmente com os biscoitos. Outra opção é trocar a farinha de trigo branca pela integral. Ela apresenta a quantidade calórica semelhante, porém é mais rica em vitamina, proteínas e fibras.

E pra quem tem aquele probleminha de constipação Intestinal que eu falei aqui já, ajuda muito também, pois mantem o intestino regulado. Além disso, aumentam a quantidade de bacterias benéficas - conhecidas como lactobacilos - e diminuem a quantidade daquelas que podem causar doenças intestinais. Vale lembrar que devem ser ingeridos aproximadamente 2 litros de água por dia, para auxiliar na ação das fibras e no bom funcionamento do intestino. Mas cuidado com os excessos pois se o consumo for maior que 50 gramas por dia, pode gerar excesso de gases e dores abdominais.


Vou colocar aqui abaixo uma lista que peguei do einstein.br dos alimentos integrais para você tentar incluir pelo menos um deles nas suas refeições.

  • Arroz integral: apresenta grande quantidade de fibras. Rico também em vitaminas A, B, B2, B5 e B6 e em cálcio, fósforo e ferro.
  • Açúcar mascavo: enquanto o açúcar branco contém apenas carboidratos, o mascavo apresenta ferro, potássio e vitaminas que são excluídas no processo de refinamento. Não deve ser usado por diabéticos.
  • Farinha de trigo integral: tem valor calórico semelhante ao da farinha branca e apresenta mais vitaminas, proteínas e fibras.
  • Centeio (grãos, farinha, flocos): utilizado na confecção de pães, é um ótimo alimento, pois é rico em cálcio, ferro, magnésio e fósforo.
  • Cevada em grão (cevadinha): cereal leve usado na preparação de pães e sopas. É rico em cálcio, potássio, fósforo, silício, vitaminas do complexo B e beta caroteno.
  • Trigo em grão: rico em ácido glutâmico, um tipo de aminoácido. É muito utilizado na culinária árabe, como no quibe cru. Possui vitaminas A, B, C, E e PP, além de cálcio, fósforo, magnésio, potássio e zinco. 
Cuide-se ;)






fontes: plena saude, einstein

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...