segunda-feira, 11 de abril de 2011

Adstringente e tônico

Acredito que muitas pessoas confundem tônicos com adstringentes. Bom, realmente dá pra confundir, mesmo porque ambos fazem o mesmo serviço: uma limpeza mais profunda na pele.
O importante mesmo é saber que, o adstringente é mais agressivo e não faz o trabalho do tônico. São para peles mais oleosas. Ambos são formulados de maneiras bem parecidas, mas o adstringente contém uma alta concentração de álcool e ácido salicílico. O tônico é formulado com água, um ativo adstringente leve - extrato de hamamélis, e um calmante -azuleno. Até pode conter álcool e baixas doses de ácido salicílico ou glicólico, que retiram as células mortas.

O importante é usar o produto certo para o seu tipo de pele. Para pele oleosas e mistas, usar o adstringente. Para peles secas, normais e sensíveis é melhor usar o tônico. Ele limpa a pele de maneira profunda também e restaura o ph da pele, evitando que você não fique com aquela sensação "pelada" depois da limpeza e comece a produzir uma enorme camada de proteção de novo. Isso em peles oleosas resultaria muito mais óleo.

Pode ser usado todos os dias, duas vezes por dia. O correto mesmo é usar um limpador antes, depois o tônico ou adstringente, e por último um hidratante ou creme antiidade.

Encontra-se nas marcas Nívea, L’oreal, Vichy, Neutrogena, Dior, Granado, avon e johnson & Johnson (Clean&Clear).  Eu só usei o Clean&Clear, achei ótimo e recomendo. Limpa bem, e não resseca a pele. Torna-se indispensável no dia-a-dia.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...