sexta-feira, 27 de maio de 2011

Desrespeito com o Hino Nacional - versão Funk

Muitos estão chocados com o que aconteceu Dom Pedrito na região da Campanha do Rio Grande do Sul. Um vídeo curto, de apesar 1 minuto e 25 segundos, que mostra soldados da 3ª Companhia de Engenharia de Combate Mecanizada cantando e dançando o Hino Nacional no ritmo do funk, gravado na unidade.

Claro que agora estão apurando o caso para ver o que aconteceu, por que aconteceu e o que farão.

Como todos nós aprendemos desde criança na escola, quando faziamos aquela fila no pátio todos os dias, ou pelo menos uma vez por semana para cantar o Hino Nacional com a mão no peito e um enorme respeito, que jamais, em circunstância alguma deviamos cantar o Hino num ritmo diferente, ou com alguma paródia. Isso era muito errado. Dava até castigo.

A lei diz o seguinte:

É vedada a execução de quaisquer arranjos vocais do Hino Nacional, a não ser o de Alberto Nepomuceno.
Não será permitida a execução de arranjos artísticos instrumentais do Hino Nacional que não sejam autorizados pelo presidente da República, ouvido o Ministério da Educação e Cultura.
É obrigatória a tonalidade de si bemol para a execução instrumental simples do Hino Nacional. O canto dever ser sempre uníssono (a mesma altura).

Código Penal Militar
Praticar o militar, diante da tropa ou em lugar sujeito à administração militar, ato que se traduza em ultraje a símbolo nacional.



Pena: detenção de um a dois anos.

Bom, mas como li alguns comentários sobre o ocorrido, talvez estejam dando importância demais a isso. A uma "brincadeira" de meninos de 18 anos. Tem tanta coisa pior acontecendo no nosso país. Tanta injustiça, tanta palhaçada, seja na educação, na saúde na própria polícia.
Mas confesso que não gostei muito do que ví no vídeo. É um pouquinho de mal gosto.

Veja o tal vídeo


Fonte: Zero Hora

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...